Olá Usuário/Convidado, é um prazer tê-lo no fórum, Cadastre-se ou faça Login Utilizando o Facebook, aqui é um fórum de diversidades, espero que goste. Abraço.

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Insight na obra de Diretores

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 6]

1 Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 3:55 pm

@StreetPreachers

avatar
Tópico para esclarecer, entender, desvendar e debater obras de diretores que possuem teor filosófico que tornam estes profundos e de grandes interpretações.

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

2 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 3:57 pm

Badass

avatar
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

3 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:06 pm

Otávio

avatar
velho vamp Vampeta M

4 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:08 pm

@StreetPreachers

avatar
O Mal na obra de Lars Von Trier - Via Mídia Sem Máscara

por Nivaldo Cordeiro

Quem quiser se divertir no cinema não vá ver os filmes de Lars von Trier. Mas quem quiser discutir antropologia filosófica e a questão do mal no mundo é lá que deve ir. A coragem artística do diretor norueguês não tem limite. Sua habilidade com a câmara é digna de um Kubrick. Penso que ele fez (faz) a mais correta e completa crônica de nossos tempos, a fisiologia da alma nesse maldito século XXI. Não por acaso nos filmes a questão psicológica (e psiquiátrica) tem relevo. Psiquiatria: ciência da alma.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Dogville, que tem no elenco a fantástica Nicole Kidman, é um ensaio antropológico que reproduz a visão de Santo Agostinho sobre o mal. A bela mulher que chega desamparada a uma pequena povoação, num ermo, um fim de mundo. A convivência vai revelar a verdadeira natureza humana, que escraviza, que esmaga o outro (a garota nem é fraca e nem desamparada, foge de outro mal, o da posse do poder), que explora, que pratica gratuitamente o mal. De crianças a velhos. Mulheres e homens. Estes a forçam ao sexo, estupram, humilham. Elas a submetem, humilham, negam a sua liberdade. No final, todos merecem morrer, pois todos são culpados, lembrando a visão de Santo Agostinho sobre os acontecidos na invasão dos bárbaros sobre Roma. Não há justo onde habitam os homens. É a mais sensacional representação cinematográfica sobre o tema que já vi.

Por ambientar a história nos EUA dos anos 30 Lars von Trier foi hostilizado por seu suposto antiamericanismo. Uma tolice imensa. O filme poderia ter sido rodado no sertão do Cabrobó e faria todo sentido. O tema é universal.

Aqui é uma visão radicalmente oposta a de Rousseau sobre o mal. O genebrino ensinou que o homem nasce bom e é a sociedade que o corrompe. Lars von Trier desmente esse conto de fadas falsificado. O homem é mau porque nasce mau. Pensar em contrário é falsa ciência, que leva a conclusões e ações erradas. Toda a ciência política que se pratica desde o século XIX usa dessa falsificação para alicerçar as utopias transformistas e perfectibilizadoras do homem. Deu no que deu, nos genocídios. Nos fornos crematórios.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Manderlay é sua continuação, agora tratando do tema da escravidão. Não é um filme tão brilhante, pois não se sabe se o autor, de fato, endossa a tese de que há uma hierarquia natural. O tema da escravidão é de difícil abordagem. Eu penso que Lars von Trier defende alguma coisa próxima de Aristóteles sobre o tema, mas o resultado final demonstra muita hesitação. Destaque para o ator Danny Glover. A atriz principal agora é Grace Margaret Mulligan.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O filme O Anticristo é uma obra prima . Desde o título, estilizado com o símbolo feminino de Vênus, vemos que o mergulho no mal aqui é feito em escala bíblica. A música de Handel, cantada por Cecília Bartoli, é espetáculo à parte (Deixa-me chorar – Lascio ch’io pianga) dá o tom dramático do desespero de uma madona depois do sacrifício. O ato sexual cru, brutal, explícito da abertura mostra que o diretor não faria rodeios. O drama da alma começa no drama do sexo, da reprodução, que é natureza que devora. Que é feminino. A mulher, levada ao desespero, faz a excisão do clitóris, depois de castrar o homem. Tentativa desesperada de se libertar. Mas é ela mesma que põe uma mó nos pés do homem, para subjuga-lo. Para tomar a sua liberdade. O homem é seu reprodutor. Natureza é o outro nome do mal. As cenas são fortíssimas. A atriz Charlotte Gainsbourg dá vida à personagem principal, com esmero. Willian Dafoe, ator de quem não gosto muito, mas Lars von Trier o pôs em todos os filmes, faz a sua parte.

É um filme duro, cruel, que comunga com a ideia da maldade inerente a esse mundo cão que vivemos, à condição humana. Tudo que tem no filme está nos jornais do dia e o femicídio tem sido prática frequente por aqui. Uma debalde tentativa de rebelião do masculino contra o feminino? Uma fuga impossível da condição imposta pelo mal? Os jornais não nos permitem esquecer o mal cotidiano. É um filme verdadeiro, que não esconde a realidade das coisas. O sexo explícito é integrante dessa condição natural, sublinhada pela gazela em trabalho de parto de um aborto. As mães sempre dão à luz filhos para a morte. O anticristo é a natureza, é o feminino. A natureza é feminina, cria, procria. Esse ponto de vista é assustador, mas é tudo como está no Gênese, em Adão e Eva.

O cenário onde o epílogo acontece é justamente um sítio chamado de Éden. Eis o Éden da natureza. Evidentemente os ambientalistas mais radicais não perceberam a dureza da crítica a eles dirigida.

As referências astrológicas são múltiplas. O trinômio dor, luto e desespero ligado a uma fictícia constelação dos Três Mendigos, em cujo trânsito se dão os acontecimentos. O homem racional, que descrê na psiquiatria, é envolvido na trama desesperada da mulher no cio, provocado pelo desespero da perda trágica do filho. Quer engravidar a todo custo. O menino morto, que sempre era vestido com sapados com pés trocados, faz uma referência ao Cujo, aquele que é aleijado. O filme tem manancial inesgotável de símbolos.

Outro animal que está em destaque é o corvo, que estranhamente, vivo, está semienterrado na caverna e denuncia o homem que foge da mulher tomada por fogo sensual alucinado. O corvo é o animal totêmico de satã, outra acabada representação simbólica do mal.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Por fim, o filme Melancolia. Uma trágica representação do mal que emerge irresistível do interior do ser, não está relacionado a fatos externos. No céu surge esplêndida a constelação de Escorpião, residência de Plutão, o pai e a mãe de todas as depressões. A estrela Antares brilha. A história de duas irmãs, uma se casando. No dia supostamente mais feliz de uma mulher ela vai se entristecendo e no limite da tristeza, rejeita o casamento e faz amor com um desconhecido, humilhando o agora marido, depois de larga-lo no leito nupcial, à vista de toda gente. Depois a própria irmã também entra em paranoia e todos da casa enxergam que um planeta está para se chocar contra a terra. Uma imagem alucinante, sobretudo para mim, que certa vez tive uma sequência de sonhos nos quais a lua desabava sobre a terra. O filme acaba com a colisão entre os astros, que bem pode ser compreendida como o mergulho na loucura.

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

5 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:14 pm

Shauca

avatar
Dogville é meu preferido do Lars... Particularmente acho alguns filmes dele extremamente "crueis" com nossa sensibilidade, como no caso de Anti-Cristo... Caramba, eu quase não consegui assistir a este filme, tamanho nervoso que dá (Tive o maior trabalho para fazer zezinho entender que era um filme... foi osso convencê-lo a voltar as atividades normais)... Mas, se a proposta dele é essa, não posso negar que ele atinge seus objetivos.

O filme dele que a Bruna indicou é outro exemplo...

6 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:17 pm

@StreetPreachers

avatar
Shauca.Movie escreveu:Dogville é meu preferido do Lars... Particularmente acho alguns filmes dele extremamente "crueis" com nossa sensibilidade, como no caso de Anti-Cristo... Caramba, eu quase não consegui assistir a este filme, tamanho nervoso que dá (Tive o maior trabalho para fazer zezinho entender que era um filme... foi osso convencê-lo a voltar as atividades normais)... Mas, se a proposta dele é essa, não posso negar que ele atinge seus objetivos.

O filme dele que a Bruna indicou é outro exemplo...
Ele consegue captar bem essa essência do mal, depois que li isso descobri que tem tudo haver.

Dogville não vi ainda, mas pelo visto tem essência do mal. Dançando no Escuro também, já que o carinha do aluguel que antes parecia uma figura boa se contorce para o mal na oportunidade. Think Só faltei acrescentar o comentário final do autor do texto:

"Quer entender a obra de Lars von Trier? Leia Santo Agostinho. E Nietzsche. E Rousseau, esse louco que enlouqueceu a humanidade com suas mentiras filosóficas sobre o homem."

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

7 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:21 pm

Shauca

avatar
Parabens pelo tópico Milady... Acho que será de muita utilidade pra vc e para todos que queiram saber mais sobre filmes...Smile

8 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:24 pm

@StreetPreachers

avatar
Shauca.Movie escreveu:Parabens pelo tópico Milady... Acho que será de muita utilidade pra vc e para todos que queiram saber mais sobre filmes...Smile
^^

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

9 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:41 pm

Gabo

avatar
"Dogville, que tem no elenco a fantástica Nicole Kidman, é um ensaio antropológico que reproduz a visão de Santo Agostinho sobre o mal."

Cgcusp

Preciso assistir esse filme There Is A World

10 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:44 pm

Shauca

avatar
Gabo escreveu:"Dogville, que tem no elenco a fantástica Nicole Kidman, é um ensaio antropológico que reproduz a visão de Santo Agostinho sobre o mal."

Cgcusp

Preciso assistir esse filme There Is A World
Assista Gabo... É extraordinário e diferente de tudo que vc já assistiu...A começar pelo cenário... Notbad

11 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:51 pm

Gabo

avatar
Shauca.Movie escreveu:
Gabo escreveu:"Dogville, que tem no elenco a fantástica Nicole Kidman, é um ensaio antropológico que reproduz a visão de Santo Agostinho sobre o mal."

Cgcusp

Preciso assistir esse filme There Is A World
Assista Gabo... É extraordinário e diferente de tudo que vc já assistiu...A começar pelo cenário... Notbad

Ok, vai pra minha lista Challlenge

12 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:55 pm

Shauca

avatar
Gabo escreveu:
Shauca.Movie escreveu:
Gabo escreveu:"Dogville, que tem no elenco a fantástica Nicole Kidman, é um ensaio antropológico que reproduz a visão de Santo Agostinho sobre o mal."

Cgcusp

Preciso assistir esse filme There Is A World
Assista Gabo... É extraordinário e diferente de tudo que vc já assistiu...A começar pelo cenário... Notbad

Ok, vai pra minha lista Challlenge

Dogville (Bluray 720p) Tamanho: 864 MB

Filme >>> [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legenda >>> [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

13 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 4:58 pm

Gabo

avatar
Valeu Eaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

14 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 5:00 pm

@StreetPreachers

avatar
Hate Não tem Dogville com imagem de 1080p

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

15 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 5:04 pm

Shauca

avatar
@StreetPreachers escreveu: Hate Não tem Dogville com imagem de 1080p
Uia... Além de só querer Bluray, ainda tem que ser 1080p... Como este mundão dá voltas... (Ainda mais para quem nunca perde viagem... muhamuhamuhamuhamuha)

Estou gostando de ver Milady... Smile

16 Re: Insight na obra de Diretores em Dom Mar 10, 2013 5:09 pm

@StreetPreachers

avatar
Shauca.Movie escreveu:
@StreetPreachers escreveu: Hate Não tem Dogville com imagem de 1080p
Uia... Além de só querer Bluray, ainda tem que ser 1080p... Como este mundão dá voltas... (Ainda mais para quem nunca perde viagem... muhamuhamuhamuhamuha)

Estou gostando de ver Milady... Smile
kkk :awesome

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

17 Re: Insight na obra de Diretores em Seg Mar 11, 2013 1:30 pm

The.Pretender

avatar
Diretor cult IronicNice

18 Re: Insight na obra de Diretores em Seg Mar 11, 2013 1:47 pm

Renato Luiz

avatar
The.Pretender escreveu:Diretor cult IronicNice

Cult do mal King Crimson

http://egocerebral.blogspot.com

19 Re: Insight na obra de Diretores em Seg Mar 11, 2013 10:03 pm

Shauca

avatar
Renato escreveu:
The.Pretender escreveu:Diretor cult IronicNice

Cult do mal King Crimson
True

20 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:19 pm

Caio

avatar
Ingmar Bergman captava a relaçao humana... a melancolia Think
Fellini tinha elementos surreais Think

21 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:28 pm

Renato Luiz

avatar
Ainda não assisti nenhum do Fellini Foreveralone

Já o Bergman é um de meus diretores favoritos Sir

http://egocerebral.blogspot.com

22 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:31 pm

Caio

avatar
Akira kurosawa captava o povo japones Think

23 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:33 pm

Renato Luiz

avatar
Bergman era puro existencialismo filosófico IronicNice

http://egocerebral.blogspot.com

24 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:35 pm

Caio

avatar
Steven Spillberg concerteza nao é o melhor diretor

25 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:39 pm

@StreetPreachers

avatar
Think Tim Burton é conhecido por seu aspecto visual. Sua visão artística é bastante comentada e não é atoa, ele consegue unir elementos góticos (ou melhor dizendo, elementos bizarros/estranhos) com elementos divertidos, formando um curioso mundo artístico. Também possui o costume de utilizar personagens normais, como cabeleireiros (Edward mãos de Tesoura), Barbeiros (Sweeney Todd), Pescadores (Peixe grande e suas histórias maravilhosas) e ainda assim, transforma-os em personagens ícones.

Spoiler:
Depois de Alice, ele tem estado mal na tela Fedup

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

26 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:39 pm

The.Pretender

avatar
Otávio escreveu:velho vamp Vampeta M

27 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:41 pm

Eliton

avatar
não conheço IronicNice

28 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:41 pm

Renato Luiz

avatar
Renato escreveu:Bergman era puro existencialismo filosófico IronicNice

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

http://egocerebral.blogspot.com

29 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:41 pm

Caio

avatar
@StreetPreachers escreveu: Think Tim Burton é conhecido por seu aspecto visual. Sua visão artística é bastante comentada e não é atoa, ele consegue unir elementos góticos (ou melhor dizendo, elementos bizarros/estranhos) com elementos divertidos, formando um curioso mundo artístico. Também possui o costume de utilizar personagens normais, como cabeleireiros (Edward mãos de Tesoura), Barbeiros (Sweeney Todd), Pescadores (Peixe grande e suas histórias maravilhosas) e ainda assim, transforma-os em personagens ícones.

Spoiler:
Depois de Alice, ele tem estado mal na tela Fedup
E nas animaçoes sempre ha um elemento morto

30 Re: Insight na obra de Diretores em Qua Mar 13, 2013 1:45 pm

@StreetPreachers

avatar
Caio escreveu:
@StreetPreachers escreveu: Think Tim Burton é conhecido por seu aspecto visual. Sua visão artística é bastante comentada e não é atoa, ele consegue unir elementos góticos (ou melhor dizendo, elementos bizarros/estranhos) com elementos divertidos, formando um curioso mundo artístico. Também possui o costume de utilizar personagens normais, como cabeleireiros (Edward mãos de Tesoura), Barbeiros (Sweeney Todd), Pescadores (Peixe grande e suas histórias maravilhosas) e ainda assim, transforma-os em personagens ícones.

Spoiler:
Depois de Alice, ele tem estado mal na tela Fedup
E nas animaçoes sempre ha um elemento morto
Verdade!

https://www.skoob.com.br/usuario/3850039

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 6]

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum